Diário de bordo – Aplicativo Mercado Comum – 13/04/2020

Adentrando a realidade exponencial

Acredito que chegamos ao melhor agora que poderíamos. Gratidão por cada um que conseguiu chegar até aqui tão cedo!

Sinto também muita gratidão a vocês por contarem comigo para ajudar a realizar este trabalho.

Venho estudando isto, como vocês, há alguns anos. Como cuidar na nossa comunidade? O nosso viés aqui é o de ajudar na transição para o modo de vida regenerativo. E o modo regenerativo é em-rede necessariamente. A rede é o fluxo das interações entre NÓS. Somos uma rede somente nos momentos em que inter-agimos. Quando desconectamos não há rede e portanto nos afastamos do desenho exponencial. Viral.

O potencial entre nós se manifesta a partir das nossas interações que visem uma intenção comum a nós. Quando interagimos cria-se um contexto entre NÓS, que somos os nodos da rede (social).

Os tempos das coisas diminuíram recentemente devido à pandemia. Temos um desafio exponencial. E NÓS, apesar de estarmos condicionados a este modo de vida legado linearmente comprometido a escassez, NÓS somos exponenciais.

Portanto precisamos aprender a interagir até formar aquele contexto específico entre nós que é o que torna possível tomarmos as melhores decisões com base no contexto e não na orientação de centros decisórios e muito menos pelos nossos condicionamentos adquiridos durante nossas vidas até agora. Isto só se cria entre nós e o processo para isto é a interação. Sem interação não há aprendizado. Constituímos uma experiência de livre aprendizagem baseada no fluxo das nossas interações.

Objetivo comum

Colocado este contexto, pergunto: temos um objetivo comum?

Pergunto se o objetivo de agora é para você, tanto quanto para mim, de estabelecer a logística para as pessoas poderem ficar em casa e terem alimento e itens básicos para sua sobrevivência garantidos pela comunidade?

Caso positivo, todos entendem o quão importante é sermos rápidos e objetivos agora?

Podemos organizar localmente as logísticas de distribuição de alimentos das nossas comunidades.

Presente no agora

Estando claro o contexto é fácil determinar o que é o mais importante no agora.

Agora precisamos de mutirões locais para cadastrar fornecedores.

E equipes locais que interpretem tudo o que está entrando de pedidos de compra, conectem consumidores e fornecedores.

Precisamos chegar à consciência, localmente, sobre quem são e aonde estão os produtores, do que eles precisam, qual a logística que conseguiríamos estabelecer em cada caso, aonde estão os pontos de coleta, etc.

Ao que precisamos dar atenção agora?

A prioridade é cadastrar produtores e seus portifolios para que el@s comecem a receber seus pedidos diariamente e assim se estabeleça uma dinâmica de facilitação de pedidos de compra entre compradores, facilitadores e produtores.

Veremos as páginas locais repletas de produtores e produtos e serviços.

Não adianta relaxar enquanto não estiverem todos recebendo pedidos pela plataforma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *